ITPS orienta sergipanos a responderem pesquisa sobre uso do GNV

Com o objetivo de contribuir para a revisão e aprimoramento das regras para veículos movidos a Gás Natural Veicular (GNV) em Sergipe, o Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS) solicita que os usuários do sistema no estado respondam à pesquisa aberta sobre o tema. A consulta pública é promovida pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que espera utilizar os dados para solucionar problemas envolvendo a comercialização do GNV em todo o país.

A consulta pública integra um estudo sobre a elaboração das fases de Análise de Impacto Regulatório (AIR) relacionadas ao GNV. Ao participar dessa pesquisa, os usuários de GNV estão contribuindo para identificar os agentes econômicos, os usuários dos serviços e todas as partes envolvidas que são afetadas pelos problemas regulatórios nas relações comerciais do GNV no Brasil.

O formulário da pesquisa contém 14 questões objetivas, abordando diversos aspectos do uso e da percepção dos usuários em relação ao GNV. Entre as perguntas estão questões sobre o segmento de atuação do usuário – se é consumidor, fabricante, sindicato ou associação. Também são explorados temas como a posse de veículo movido a GNV, o tempo de utilização desse tipo de veículo e os hábitos de abastecimento, incluindo o horário habitual de abastecimento.

Além disso, a pesquisa indaga sobre os motivos que levaram as pessoas a optarem por comprar ou converter seus veículos para GNV. São questionados aspectos como o preço do combustível na ocasião da compra, a economia de combustível, a redução do valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e a economia na manutenção do veículo.

Um dos pontos de destaque na pesquisa é a questão da segurança e do conhecimento dos usuários sobre a massa específica do gás, um dado que está presente nas bombas medidoras de gás/dispensers nos postos de abastecimento. Os participantes também são convidados a compartilhar suas percepções sobre a segurança durante o processo de abastecimento de seus veículos.

A diretora técnica do ITPS, Lúcia Calumby, explica que a etapa de consulta à sociedade é uma das fases mais importantes da elaboração da análise de impacto regulatório. “A participação da sociedade é muito importante, pois, através da consulta às partes envolvidas diretamente é que foi elaborado o material da forma mais adequada. O consumidor final tem um grande peso, e nesta fase queremos saber quais são as impressões percebidas na hora de abastecer o veículo nos postos de combustível”, esclarece a diretora.

A gerente executiva de Metrologia e Qualidade Industrial do ITPS, Maria Inêz de Almeida, ressaltou a importância da participação dos consumidores na pesquisa. “É uma grande preocupação do ITPS, como órgão delegado do Inmetro no estado, cuidar dos interesses e da segurança do consumidor e, neste caso, na hora da compra e da manutenção do gás GNV. Através do retorno dos dados da pesquisa, será preparado pelo Inmetro um compilado de informações que deverão ser contempladas na elaboração da AIR”, explica a gerente.

Participe da pesquisa e contribua com o aprimoramento das regras sobre o GNV no país, por meio deste formulário.

Em caso de dúvidas ou necessidade de mais informações, a população pode entrar em contato com a Divisão de Articulação e Regulamentação Técnica Metrológica (Diart) do Inmetro, por meio do e-mail diart@inmetro.gov.br. Os dados pessoais dos participantes não serão divulgados.

Parceiros

Última atualização: 3 de maio de 2024 09:22.